Pesquisar este blog

Procure os vídeos da atriz Cíntia Vieira no Youtube:

Loading...

Eu

Eu
Mulher; vegetariana; atriz de teatro; e muito mais: Cíntia Vieira

Bem vindo! Favor ler e comentar os meus textos neste blog. Obrigada!

  • Princesas modernas; Andar em perna de pau é imitar a vida; O uso do microfone; A expressão coporal; Você faz teatro?; Puxa! Não façam isto!; O ganha pão pode vir da alma; O que eu chamo de relação burguesa; etc.
  • Lembre-se: para copiar obras e fotos da internet deve-se colocar a fonte e o nome do autor. Vamos valorizar o artista!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Puxa! Não façam isto!










Vocês já devem ter escutado algum adulto dizer para a criança:



- Coma toda a comida ou eu chamo o palhaço para lhe pegar!
- Olha lá a bruxa! Vai tomar banho ou eu chamo a bruxa pra lhe levar!
- Conta para o Papai Noel o que você tem aprontado. Entregue o seu bico pra ele!
Como alguns adultos querem que a arte continue e faça parte da beleza da vida de seus filhos se é só ver alguém fantasiado que usam isto para amedrontar e esconder o descontrole, falta de limite e diálogo com eles? Talvez só estejam repetindo um padrão de educação. Educação???
Até os médicos, personagens da vida real, entram nesta:
- Comporte-se senão eu mando o médico te dar uma injeção!
A criança fica doente e sensível e ainda apavorada, pois a injeção virá nesta hora e para o bem dela, não é?
Não coloquem medo nas crianças. Achem outra forma de educar. Busquem conhecimento, estudem o assunto ou alguma coisa parecida.
Depois vocês vão querer levá-los ao teatro, ao shopping ver o Papai Noel, chamar palhaços para o aniversário e o choro e o medo serão os principais convidados.
Os atores de teatro e animadores de festas infantis agradecem, se ao ver alguém fantasiado o adulto respeite e mostre para a criança a beleza destas profissões. Assim, com certeza, no futuro os seus filhos também agradecerão, pois serão mais abertos a trabalhar com a imaginação.
Caso você seja diferente disto, MARAVILHA!
"E QUE A ARTE NOS APONTE UMA RESPOSTA, MESMO QUE ELA NÃO SAIBA! PORQUE É PRECISO SIMPLICIDADE PARA FAZÊ-LA FLORESCER!"

Cíntia.

3 comentários:

  1. Bem Cíntia, eu concordo com tuas palavras, tenho uma filha de 6 anos e nunca ameacei ela com medo. Acho que conversar sermpre foi a melhor solução e ensino ela conversando. Quando às injeções, eu sou acupunturista e encontro o resultado do medo infantil nas pessoas, que tem medo de fazer acupuntura por causa da agulha.
    continua este teu trabalho, é preciso uma nova educação com amor, disciplina e respeito pela criança.
    Amaury Palma

    ResponderExcluir
  2. Condordo que não se deve amendrontar as crianças, mas em alguns casos, a criança tem medo por si só. Tenho um filho de 2 anos e meio, que adora o Patati e Patatá, mas no DVD ou as miniaturas, mas quando vão fazer apresentação na creche, ou até mesmo outros palhaços, ele se agarra de uma maneira em nós, com muito medo, e assim é com o Papai Noel. E sempre falamos que são amigos, que não precisa ter medo. Espero mude. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olha Fabiana, eu penso que alguém assustou ele que os pais não saibam ou é a questão do tamanho. A criança vê na TV as pessoas bem pequenas e quando vê pessoalmente aquele ser diferente, assutam-se com o tamanho e movimento. Uma dica é os pais brincarem com perucas e assessórios colocando em si e na criança para ela ver que se trata de seres humanos brincando com a vida. Mas é importante manter também a fantasia infantil de que estes personagens são reais, e claro, do bem.Obrigada pelo comentário.

    ResponderExcluir